Centrais sindicais mantém greves e paralisações, mas cancelam atos no dia 18/03

As centrais sindicais e movimentos sociais divulgaram nesta sexta-feira (13/03) estão mantidas as greves aprovadas para o dia 18 de março. Porém, em função da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), as entidades sindicais orientam também pela não realização das manifestações com aglomerações de pessoas nesta data.

O movimento exige mais recursos para o SUS, a suspensão do congelamento dos gastos públicos, reivindica a vacinação antecipada dos trabalhadores contra a gripe e a criação de comitês bipartites de crise para o acompanhamento da pandemia, visando reduzir a propagação da doença nos locais de trabalho.

Existe a preocupação com segmentos específicos de trabalhadores, como no setor de transporte coletivo e da área de saúde, além de profissionais da educação e crianças nas escolas. Há possibilidade de empresas interromperem atividades, propondo redução de jornada e salário.

Ainda é reivindicado medidas de geração de emprego e renda e a suspensão da votação de projetos que prejudicam a classe trabalhadora como a Medida Provisória (MP) 905, do Contrato Verde e Amarelo, remarcada para a próxima terça (17) em comissão mista do Congresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *