Campanha Janeiro Branco nos convida a reavaliarmos nossas vidas

Na aquarela de cores adotadas a cada mês, para chamar a atenção para algum tipo de assunto importante (outubro rosa, contra o câncer de mama; novembro azul, contra o câncer de próstata; dezembro laranja, alertando sobre o câncer de pele…) janeiro também ganha seus tons: um deles é o branco, nos convidando a cuidar com mais carinho da nossa saúde mental e psíquica.

A campanha começou em 2014 com psicólogos de Minas Gerais e, de lá pra cá, conta com a adesão de profissionais da área em todo o país, inclusive em Santa Catarina, onde é instituída por lei desde 2017. Aliás, estar mentalmente saudável, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), é o estado de bem-estar no qual uma pessoa consegue desempenhar suas habilidades, consegue lidar com as inquietudes da vida, é capaz de trabalhar de forma produtiva e contribuir para a sua comunidade.

O problema é que cada vez menos estamos conseguindo levar a vida dessa forma: vemos um aumento desenfreado de casos de violência, depressão, uso de drogas, transtornos compulsivos, suicídio, intolerâncias, entre outros. Precisamos nos cuidar…

Hora de se Reorganizar!

O Janeiro Branco aproveita que este mês de reorganização de nossas vidas com avaliações, reavaliações e definição de metas pra que o tema “cuidar da mente” entre no cardápio também. Entre os problemas mais comuns, e maios subestimados no Brasil, está a depressão: segundo a OMS afeta pelo menos 34 milhões de pessoas no país. Esse transtorno mental precisa de atenção, e tratamento, por ser importante fator na taxa mundial de mortalidade.

Pacientes que sofrem com depressão severa também costumam relatar outras queixas médicas, como sofrimento com insônia, ansiedade e dores, e costumam frequentar mais os hospitais e prontos-socorros. Por isso, é importante que as pessoas que sofrem com algum distúrbio mental (além da depressão, o uso ou abuso de álcool e drogas, a esquizofrenia ou o transtorno bipolar) possam contar com uma atenção especial dos seus familiares – e de especialistas.

Cuida da mente, cuida da vida!

Como parte da campanha, os especialistas sugerem que as pessoas possam ser mais sinceras e transparentes com os seus desafios psicológicos, buscando ajuda e apoio sempre que necessário. Algumas dicas? Aqui vão elas:

1) Reflita: com o ano novo, será que você pode ser uma nova pessoa? Aproveite o momento de reflexão para pensar o que pode mudar na sua vida para torná-la mais feliz.

2) Aceite os ciclos: assim como os anos que se iniciam e acabam, a vida também é feita de ciclos. Esteja pronto para concluir os que não te fazem bem e se prepare para os novos que irão começar!

3) Se prepare para agir: com o novo ciclo de 12 meses que se inicia agora, o que você pode se preparar para fazer que possa te levar a ter uma vida mais saudável e feliz?

Mais informações em www.facebook.com/campanhajaneirobranco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *